Numa tarde cansada de outono, quando o sol se escondeu no horizonte. Ao ruído infantil de uma fonte, eu me pus a pensar em você. Em você que se sente perdido quando põe seu olhar nas estrelas, e de tanto contá-las e vê-las, já não sabe se crê ou não crê. Eu conheço as milhões de perguntas que você que falou que não crê, e que diz que só crê no que vê, todo dia pergunta pra Deus. Eu conheço as milhões de respostas, que ninguém tem coragem de dar, quando a vida nos vem questionar; Como vê somos todos ateus. Numa tarde tristonha de inverno retornei ao murmúrio da fonte. Não havia mais sol no horizonte, e eu me pus a pensar nos cristãos. Nos cristãos que se sentem tranquilos, quando põe seu olhar nas estrelas. E de tanto contá-las e vê-las, nunca mais põe os olhos no chão. Eu conheço as milhões de respostas, que esta gente que fala que crê, mas não ouve, não pensa e não lê, não responde por medo de Deus. Eu conheço as milhões de perguntas que os cristãos nunca ousam fazer. Pois terão de se comprometer; Como vê somos todos ateus.

O homem é um Universo em Evolução

O homem é um Universo em Evolução

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Cristo Cósmico e o Cristo Telúrico "Eu e o Pai somos Um"

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.  Filipenses 2:5-8

- O que é o Cristo Cósmico?
O Cristo Cósmico – o Verbo ou o Logos – é a primeira e mais perfeita manifestação individual da Divindade Universal, o “primogênito” de todas as creaturas.
- Quando se deu essa individuação do Cristo Cósmico?
Deu-se no princípio dos tempos, antes da origem de qualquer outra creatura, visível ou invisível.

- O Cristo Cósmico é Deus?
O Cristo Cósmico é Deus em sua essência eterna, mas é creatura em sua existência temporal: “Eu e o Pai somos um, mas o Pai é maior do que eu”.
- Por que o Cristo Cósmico é chamado o Verbo, ou Logos?
Porque ele é a mais alta manifestação individual do Espírito Universal; assim como o pensamento intuitivo, ou verbo racional, é a causa creadora de todas de todas as coisas, assim é o Pensamento Cósmico, o autor do universo imaterial e material: “Por ele foram feitas todas as coisas”.
- Que quer dizer Cristo Telúrico?
O Cristo Telúrico, ou terrestre, é o mesmo Cristo Cósmico depois da sua encarnação humana, quando o “Verbo se fez carne”.
- O Cristo Telúrico é Jesus?
Jesus é apenas o veículo visível do Cristo invisível, com o qual está inseparavelmente unido desde a sua encarnação através da Virgem Maria.
- Qual a diferença entre o Cristo e nós?
O Cristo, tanto na sua forma Cósmica quanto Telúrica, é o espírito divino plenamente atualizado pela consciência que “eu é o Pai somos um”, ao passo que em cada um de nós existe o mesmo espírito divino em estado apenas potencial, devido à consciência do nosso ego separatista.
- Pode o homem tornar-se igual ao Cristo?
São Paulo diz que o Cristo é o “primogênito entre muitos irmãos”, e nós seremos o que ele é; e Jesus afirma que nós faremos as mesmas obras que ele fazia em virtude do seu Cristo, porque o “Pai que está em mim também está em vós”, “vós sois Deuses”.
- Que é necessário para essa cristificação do homem?
É necessário que o homem experimente vitalmente a sua intrínseca unidade com o Infinito – “Eu e o Pai somos um” – e realize esta experiência por uma permanente vivência ética.
- Por que o Cristo é chamado o redentor da humanidade?
Porque pela sua encarnação humana introduziu ele no mundo um elemento divino que, quando assimilado pelo homem, torna possível a vitória do Eu (do Íntimo) sobre o ego pecador.
- Existe auto-redenção do homem?
Existe, sim, auto-redenção, que é Cristo-redenção, porque o verdadeiro Eu (autós) do homem é o seu Cristo interno, a “luz do mundo”, o “espírito de Deus no homem”; mas não existe ego-redenção, porque é o autor do seu estado de pecador.
Huberto Rohden em Cosmorama

Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.
Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai. (João 10: 17,18)
E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse. (João 17, 5)

"O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; porque Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por Ele e para Ele. Ele é antes de todas as coisas, E NELE subsistem todas as coisas".   (Cl 1-16)
 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 TODAS AS COISAS FORAM FEITAS POR ELE, e sem ele nada do que foi feito se fez. (João: 1, 1-3)
E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. (Colossenses 1, 20)
Um certo Galilleu
Pe. zezinho
Um certo dia, a beira mar
Apareceu um jovem Galileu
Ninguém podia imaginar
Que alguém pudesse amar do jeito que ele amava
Seu jeito simples de conversar
Tocava o coração de quem o escutava

E seu nome era Jesus de Nazaré
Sua fama se espalhou e todos vinham ver
O fenômeno do jovem pregador
Que tinha tanto amor

Naquelas praias, naquele mar
Naquele rio, em casa de Zaqueu
Naquela estrada, naquele sol
E o povo a escutar histórias tão bonitas
Seu jeito amigo de se expressar
Enchia o coração de paz tão infinita

Em plena rua, naquele chão
Naquele poço e em casa de Simão
Naquela relva, no entardecer
O mundo viu nascer a paz de uma esperança
Seu jeito puro de perdoar
Fazia o coração voltar a ser criança

Um certo dia, ao tribunal
Alguém levou o jovem Galileu
Ninguém sabia qual foi o mal
E o crime que ele fez; quais foram seus pecados
Seu jeito honesto de denunciar
Mexeu na posição de alguns privilegiados

E mataram a Jesus de Nazaré
E no meio de ladrões puseram sua cruz
Mas o mundo ainda tem medo de Jesus
Que tinha tanto amor

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Cristo falou comigo através do Padre Zezinho


Eu ainda me lembro dos Retiros Espirituais nos tempos de carnavais. Era maravilhoso estar entre os Jovens e entre todos do bairro em que eu morava, pregando o Evangelho de Cristo. Depois de alguns anos no meu Grupo de Jovens, fui eleito por eles como Conselheiro Espiritual do Grupo. Isso foi para mim uma grande honra, fiquei muito feliz, mas consegui manter a humildade entre os meus. Em um certo dia fui escolhido pelo meu Grupo de Jovens para fazer o "TLC" (Treinamento de Liderança Cristã), foram 3 dias de curso. Por coincidência ou destino, o Padre Zezinho estava na cidade e veio ao TLC ensinar e pregar a Palavra para todos os Jovens que faziam o curso. Eu me sentia muito feliz, pois, tive o privilégio de conhecer o meu ídolo pessoalmente, que me inspirou a buscar á Deus através de suas belas canções. Eu sempre amei as músicas de Padre Zezinho e via nele um verdadeiro Profeta de Deus. Eu era muito Fã dele me sentia muito feliz de ao vê-lo pregando aos Jovens do curso. Em certa noite no TLC , na hora do jantar, eu estava entre os outros Jovens ouvindo os ensinamentos do Padre Zezinho, quando de repente comecei a ter maus pensamentos sobre ele, por vê-lo falar e pregar de modo meigo e carinhoso para nós do TLC. Ouvindo e vendo-o na minha frente pregando o Evangelho, maldosamente eu comecei a me perguntar em pensamento: - Será que o Pe. Zezinho é Gay.? Com esse modo suave de falar, será que ele é homossexual.? E no momento que eu pensava olhando para ele, fiquei apavorado e assombrado, pois, vi a Imagem de Jesus Cristo transparente no corpo dele. Eu via ao mesmo tempo o Padre zezinho pregando e a Imagem de Cristo me olhando com um olhar de repreensão. 
Nesse momento, eu tremi de medo, pois, Jesus Cristo com um olhar de repreensão me perguntou: - Porquê pensas mal do meu Servo.? Fiquei apavorado e tremia de medo, porquanto vi e ouvi Cristo decepcionado me repreendendo. Aquela Visão me perturbou muito e não conseguir dormir naquela noite. Todos no Dormitório perceberam que eu estava muito nervoso e tão amedrontado ao ponto de tentar dormir embaixo da cama. Aquela noite foi pra mim muito assustadora e eu fiquei muito perturbado que cheguei a ter medo até dos colegas de quarto. A noite passou e eu vi o dia Amanhecer, era o último dia no curso do TLC. E naquele dia, na despedida do TLC, estávamos no Auditório para comemorar o Término do curso e ouvir a última Pregação do Padre. Zezinho no curso.  Eu estava no palco do Auditório em frente ao Padre Zezinho que perguntou se alguém  queria falar alguma coisa ou dar um testemunho sobre o Curso no TLC.   Eu não vi ninguém querendo falar ou se manifestar para o Auditório que estava lotado com os Pais dos Jovens que fizeram o curso e também muita gente de grupos de jovens, inclusive o meu pessoal do Grupo de Jovens. Então,  em frente ao Padre Zezinho, eu tive coragem de falar e dar o meu testemunho de Fé .  Vi o meu Grupo de Jovens orgulhoso por mim e isso me deu muita coragem para falar. Depois tirei fotos com o Padre zezinho e com os meus amigos do curso, mas não me lembrei de conseguir as fotos para guardar como lembrança do dia em que Vi Cristo através do Padre Zezinho.  Voltei para casa perturbado com aquela Visão a qual Vi e Ouvi Jesus Cristo me repreendendo, naquela noite, visível no corpo de Padre Zezinho

Balada Por Um Reino
Padre Zezinho
Por causa de um certo reino, estradas eu caminhei
Buscando, sem ter sossego, o reino que eu vislumbrei
Brilhava a Estrela Dalva e eu quase sem dormir,
buscando este certo reino e a lembrança dele a me perseguir!
Por causa daquele reino, mil vezes eu me enganei!
Tomando o caminho errado, errando quando acertei!
Chegava ao cair da tarde, e eu quase sem dormir,
buscando este certo reino e a lembrança dele a me perseguir!
Um filho de carpinteiro que veio de Nazaré,
mostrou-se tão verdadeiro, pôs vida na minha fé
Falava de um novo reino, de flores e de pardais,
de gente arrastando a rede, que eu tive sede da sua paz!
O filho de carpinteiro falava de um mundo irmão;
De um Pai que era companheiro de amor e libertação
Lançou-me um olhar profundo, gelando o meu coração;
Depois me falou do mundo, e me deu o selo da vocação!
Agora quem me conhece, pergunta se eu encontrei
o reino que eu procurava, se é tudo o que eu desejei
E eu digo pensando nele: no meio de vós está
o reino que andais buscando, e quem tem amor compreenderá!
Jesus me ensinou de novo, as coisas que eu aprendi,
por isso eu amei meu povo e o Livro da Vida eu li
E em cada menina moça, em cada moço rapaz,
eu sonho que a minha gente será semente da eterna da eterna paz.

Sobre os Dízimos e as Ofertas

Dar o dízimo é reconhecer que tudo aquilo que nós temos vem do Senhor. Significa devolver uma pequena parte de tudo aquilo que Deus derrama nas nossas vidas. Quando temos um coração grato, certamente damos com alegria.
O dinheiro não é uma coisa má: é neutra, ou seja, com ele podemos fazer coisas boas ou más. Se nós amamos o dinheiro, certamente não amamos a Deus. Assim, quando somos capazes de entregar para Deus parte do nosso dinheiro, estamos confiando n'Ele e quebrando o poder do dinheiro nas nossas vidas.

Ofertar para Deus é uma forma de agradecer por tudo que ele tem feito. Deus é o dono de todo sustento e é ele que nos dá tudo que precisamos para viver. Ofertar e dizimar é reconhecer que o sustento vem de Deus e que confiamos nele.
Os dízimos e as ofertas servem para manter a obra da igreja. Deus não precisa do dinheiro mas cada igreja tem despesas. Ninguém é obrigado a dizimar mas quem desfruta da igreja deve ajudar a mantê-la.


Os dízimos são a décima parte do rendimento, que é oferecido a Deus. No Antigo Testamento, os dízimos dos israelitas serviam para manter o templo, os sacerdotes, os levitas e as pessoas mais pobres. Os dízimos são uma forma de agradecer a Deus por sua providência e mostrar dedicação a ele.
Não há mandamento no Novo Testamento sobre os dízimos. Mas a Bíblia diz o crente tem a responsabilidade de contribuir para o mantimento da igreja e de quem trabalha para a igreja. Os dízimos também devem servir para ajudar os irmãos mais pobres.


Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me valerá. 
1 Coríntios 13:3



DÍZIMO, E A MALDIÇÃO DOS QUE NÃO PAGAM
"Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: 'Como é que te roubamos?' Nos dízimos e nas ofertas. Vocês estão debaixo de grande maldição porque estão me roubando; a nação toda está me roubando. Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova", diz o Senhor dos Exércitos, "e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derra­mar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las.
Malaquias 3:8-10
"Separem o dízimo de tudo o que a terra produzir anualmente. 
Deuteronômio 14:22

Lembrem-se: aquele que semeia pouco também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura também colherá fartamente. Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria. 
2 Coríntios 9:6-7

"Todos os dízimos da terra - seja dos cereais, seja das frutas - pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor. 
Levítico 27:30

Jesus sentou-se em frente do lugar onde eram colocadas as contribuições e observava a multidão colocando o dinheiro nas caixas de ofertas. Muitos ricos lançavam ali grandes quantias. Então, uma viúva pobre chegou-se e colocou duas pequeninas moedas de cobre, de muito pouco valor. Chamando a si os seus discípulos, Jesus declarou: "Afirmo que esta viúva pobre colocou na caixa de ofertas mais do que todos os outros. Todos deram do que lhes sobrava; mas ela, da sua pobreza, deu tudo o que possuía para viver". 
Marcos 12:41-44

Há quem dê generosamente,
e vê aumentar suas riquezas;
outros retêm o que deveriam dar,
e caem na pobreza. 
Provérbios 11:24

Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria. 
2 Coríntios 9:7

E aquele que jurar pelo altar isso nada é; mas aquele que jurar pela oferta que está sobre o altar, esse é devedor.
Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta?
Portanto, o que jurar pelo altar, jura por ele e por tudo o que sobre ele está;
Mateus 23:18-20

Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou;
A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz;
Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.
Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos.
E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.
Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas.
Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior.
E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.
E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.

Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.
De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?
Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.
(Hebreus 7:1-12)

O PERIGO DE MENTIR SOBRE O DÍZIMO

Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade,
E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos.

Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?
Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.
E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou.
E um grande temor veio sobre todos os que isto ouviram.
E, levantando-se os moços, cobriram o morto e, transportando-o para fora, o sepultaram.
E, passando um espaço quase de três horas, entrou também sua mulher, não sabendo o que havia acontecido.
E disse-lhe Pedro: Dize-me, vendestes por tanto aquela herdade? E ela disse: Sim, por tanto.
Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti.
E logo caiu aos seus pés, e expirou. E, entrando os moços, acharam-na morta, e a sepultaram junto de seu marido.
E houve um grande temor em toda a igreja, e em todos os que ouviram estas coisas.
(Atos 5:1-11)

Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas.
Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação.
Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.
Malaquias 3:8-10


sábado, 17 de setembro de 2016

A Cor e a Fisionomia de Jesus Cristo


Estudando um pouco sobre a Fisionomia de Cristo, cheguei a conclusão que já descobri qual é a pista certa para os Cientistas saberem exatamente qual é a Cor e a Fisionomia de Jesus Cristo. Prestem atenção Cientistas: Estudando sobre a Teoria Geográfica dos Judeus para saber a Cor e Fisionomia de Jesus, muitos Cientistas recorrem a José marido de Maria a mãe de Jesus que nasceu na cidade de Belém "Terra do Rei Davi". Porém, é preciso lembrar que segundo o Evangelho de Mateus, José não é o Pai biológico de Jesus Cristo e sim só adotivo; - Foi assim o nascimento de Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, mas, antes que se unissem, achou-se grávida pelo Espírito Santo.
Por ser José, seu marido, um homem justo, e não querendo expô-la à desonra pública, pretendia anular o casamento secretamente.
Mas, depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um anjo do Senhor em sonho e disse: "José, filho de Davi, não tema receber Maria como sua esposa, pois o que nela foi gerado procede do Espírito Santo.
(Mateus 1:18-20)
Aqui se descarta a hipótese de Jesus ter puxado a José seu pai adotivo; Então, vamos raciocinar sobre se Jesus puxou a Maria sua mãe. Mas, estudando o Evangelho de João, se descarta também a hipótese de Jesus ter a Cor ou fisionomia de Maria sua mãe. Vamos ver: Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto.
Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta.
Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe?
Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
(João 14:7-9)
Aqui no Evangelho de João , Jesus deixa claramente a pista sobre sua Cor e Fisionomia: - Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
Aí Jesus Cristo já diz claramente que ele puxou foi ao Pai mesmo, não a José que é seu pai adotivo, mas sim á Deus Pai todo Poderoso. Resumindo aqui está a pista para se saber qual era a Cor e a Fisionomia de Jesus Cristo. Agora só basta saber qual é a Cor e a Fisionomia de Deus Pai que a gente fica sabendo com certeza qual a Cor e a Fisionomia de Jesus Cristo. Aqui está resolvido o mistério, agora só resta aos Cientistas seguirem a pista que eu dei que saberão com certeza qual é Cor e a Fisionomia de Jesus Cristo. Fácil, fácil...!!!


Eu acredito que Teoria nenhuma dos Cientistas pode provar alguma coisa sobre a Fisionomia ou Cor de Jesus Cristo. Pois, é preciso lembrar que Cristo passou a infância no Egito e que os Judeus no tempo de Cristo conviviam com os Gregos, Romanos e ainda outras nações. O Povo Judeu em sua história escravizou nações e também foi Escravo de várias Nações. Resumindo, dos tempos de Moisés até o tempo de Jesus, o Povo judeu se misturou com muitos outros povos; tanto brancos, negros ou loiros. E assim sendo, não é possível se traçar a Fisionomia ou Cor de Jesus Cristo se baseando em Teoria Geográfica. Na cruz de Cristo, foi escrito Jesus de Nazaré Rei dos Judeus em três línguas a saber: Latim, Grego e Aramaico. E isso prova que os Judeus viviam com outras Nações conquistadas pelo Império Romano. Não existe estudo que possa dizer qual foi a cor ou fisionomia de Jesus Cristo. Nisso eu posso crer que ele é da cor e fisionomia que eu imagino e não existe ninguém que me prove o contrário.
O ROSTO DE CRISTO - J. Neto

Sempre que eu leio a história de Cristo
Eu fico a pensar com grande emoção
Do privilegio que muitos tiveram
De ver o Seu rosto e sentir Sua mão
Eu também teria a mesma alegria
De vê-lo bem perto
Bem juntinho a mim
Olhar seus olhos serenos e meigos
Oh! Como eu seria tão feliz assim
Queria saber como era o seu rosto
Embora eu sinta que era mui lindo
Inspirava fé e também confiança
E dava a todos um gozo infindo
Ao ver as gravuras dos quadros pintados
Daquilo que dizem ser o meu Senhor
Meu ser não aceita o que está na tela
É falsa inspiração do pintor
Não creio, não creio num Cristo vencido
Cheio de amargura, semblante de dor
Eu creio num Cristo de rosto alegre
Eu creio no Cristo que é vencedor
E um dia também O verei face a face
E assim eu creio pela minha fé
Oh! Aleluia, verei o Seu rosto
Verei a Jesus como Ele é
Oh! Aleluia, verei o Seu rosto
Verei a Jesus como Ele é

Um Reino Dividido é presa fácil para o Inimigo

Acbtos, estou completamente de acordo com a sua visão sobre este assunto, gostei muito e vejo este teu relato como verdadeiro. Eu pretendo tornar este comentário em uma Postagem aqui no meu Blog, espero que você me permita, pois aqui você deixou um grande ensinamento. Abraços

acbtos disse...
Por que Deus é contra religiões?

"para que todos sejam um, Pai, como Tu estás em mim e Eu em Ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que Tu me enviaste." (João 17:21)

A vontade de Deus o Pai e de seu Filho Jesus, é que todos os cristãos sejam um isso sugere unidade ou união.

"E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir;" (Marcos 3:24)

Divisão significa duas visões, no Brasil cada religião cristã tem uma visão diferente da outra, por isso a tendência é deixar de existir.

"Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei." (Jo 2:19 e Mt 25:2)

O próprio Jesus é contrário ao sistema religioso institucional com essa declaração ele mesmo nos constituiu templos ao ressuscitar ao terceiro dia.

"Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?"
(I Cor. 6:19)

Não existe necessidade de prédios físicos, agora Deus o Pai e Jesus o Senhor habita dentro de cada um que o receber como Senhor e salvador.

"Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:" (Atos 7:48) 

Veja que a vida do Deus altíssimo pelo seu Espírito não habita em construções feitas por mãos humanas porque Jesus já aboliu esse modelo de adoração.

"Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade." (João 4:24)
Adorar em espírito significa exaltar, louvar, glorificar, enaltecer o Espírito de Deus que habita no crente através da maneira de viver, falar, comportar-se, tratar o próximo como Jesus tratou, amando, bendizendo, orando, tendo compaixão, misericórdia, sendo pacificador, curando e desejando o bem sempre.

"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;" (I Pe 2:9)

Onde houver um crente no Senhor Jesus anunciando o amor de Deus e a salvação pelo sacrifício de Jesus Cristo, ali estará a Igreja de Deus, a palavra igreja na novo concerto significa pessoas convertidas a Jesus em um determinado lugar, e não religiões institucionalizadas com cargos hierárquicos e fins comerciais ou lucrativos, Jesus nunca cobrou 1 centavo para anunciar a palavra do Pai celestial o Mestre não teve religião e não deixou nenhuma para ser seguida ele deixou-se a si mesmo para ser seguido veja: (Mt 16:24)
O povo de Deus
Pe. Zézinho

O povo de Deus no deserto andava, 
Mas à sua frente Alguém caminhava.
O povo de Deus era rico de nada,
Só tinha a esperança e o pó da estrada.

Também sou teu povo, Senhor
E estou nessa estrada
Somente a Tua graça me basta e mais nada.

O povo de Deus também vacilava;
Às vezes custava a crer no amor.
O povo de Deus, chorando, rezava
Pedia perdão e recomeçava.

Também sou teu povo Senhor,
E estou nessa estrada
Perdoa se às vezes não creio em mais nada.

O povo de Deus também teve fome
E Tu lhe mandaste o pão lá do céu.
O povo de Deus, cantado deu graças;
Louvou Teu amor, Teu amor que não passa.

Também sou teu povo Senhor,
E estou nessa estrada.
Tu és alimento na longa jornada.

O povo de Deus ao longe avistou
A terra querida que o amor preparou.
O povo de Deus corria e cantava
E nos seus louvores Teu poder proclamava. 

Também sou teu povo Senhor
E estou nessa estrada,
Cada dia mais perto da terra esperada. (3x)

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

O Sermão da Montanha - (Completo)

E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos;
E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:

Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.
Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;
Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.
Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido.
Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.
Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.
Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo.
Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.
Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta.
Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.
Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.
Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério.
Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.
E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.
Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio.
Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério.
Outrossim, ouvistes que foi dito aos antigos: Não perjurarás, mas cumprirás os teus juramentos ao Senhor.
Eu, porém, vos digo que de maneira nenhuma jureis; nem pelo céu, porque é o trono de Deus;
Nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei;
Nem jurarás pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto.
Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.
Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
Eu, porém, vos digo que não resistais ao mau; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;
E, ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa;
E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas.
Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.
Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.
Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;
Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?
E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim?
Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus.  (Mateus 5: 1-48)
Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.
Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;
Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente.
E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.
Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.
Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.
Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;
Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.
E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto,
Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;
Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?
Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
(Mateus 6: 1- 34) 
Não julgueis, para que não sejais julgados.
Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.
Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem.
Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.
Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á.
E qual dentre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra?
E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente?
Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?
Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.
Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.


E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina;
Porquaas.nto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escrib
(Mateus 7:1-29)