Numa tarde cansada de outono, quando o sol se escondeu no horizonte. Ao ruído infantil de uma fonte, eu me pus a pensar em você. Em você que se sente perdido quando põe seu olhar nas estrelas, e de tanto contá-las e vê-las, já não sabe se crê ou não crê. Eu conheço as milhões de perguntas que você que falou que não crê, e que diz que só crê no que vê, todo dia pergunta pra Deus. Eu conheço as milhões de respostas, que ninguém tem coragem de dar, quando a vida nos vem questionar; Como vê somos todos ateus. Numa tarde tristonha de inverno retornei ao murmúrio da fonte. Não havia mais sol no horizonte, e eu me pus a pensar nos cristãos. Nos cristãos que se sentem tranquilos, quando põe seu olhar nas estrelas. E de tanto contá-las e vê-las, nunca mais põe os olhos no chão. Eu conheço as milhões de respostas, que esta gente que fala que crê, mas não ouve, não pensa e não lê, não responde por medo de Deus. Eu conheço as milhões de perguntas que os cristãos nunca ousam fazer. Pois terão de se comprometer; Como vê somos todos ateus.

O homem é um Universo em Evolução

O homem é um Universo em Evolução

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O que é a abominação da desolação?

Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma idéia, e que dêem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus. E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra . (Apocalipse: 17, 18)

Resposta: A frase “abominação da desolação” se refere a Mateus 24:15: “Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel, no lugar santo (quem lê entenda)”. Essa passagem se refere a Daniel 9:27: “Ele fará firme aliança com muitos, por uma semana; na metade da semana, fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; sobre a asa das abominações virá o assolador, até que a destruição, que está determinada, se derrame sobre ele”. Em 167 A.C., um governador grego pelo nome de Antióquio Epifanes preparou um altar a Zeus sobre o altar dos holocaustos no templo judeu em Jerusalém. Ele também sacrificou um porco no altar do templo de Jerusalém. Esse evento é conhecido como a“abominação da desolação”.
Em Mateus 24:15, Jesus estava falando uns 200 anos depois que a abominação da desolação descrita acima tinha ocorrido. Então, Jesus estava profetizando que em algum tempo futuro uma outra abominação da desolação iria acontecer no Templo de Jerusalém. A maioria dos intérpretes das profecias bíblicas acreditam que Jesus estava se referindo ao anticristo, que vai fazer algo muito parecido ao que Antióquio Epifanes fez. Isso é confirmado pelo fato de que parte do que Daniel profetizou em Daniel 9:27 não ocorreu em 167 A.C. com Antióquio Epifanes. Antióquio não confirmou uma aliança com Israel por sete anos. É o anticristo que, no final dos tempos, vai estabelecer uma aliança com Israel por sete anos e então quebrá-la ao fazer algo parecido com a abominação da desolação no Templo de Jerusalém.
Qualquer que seja a futura abominação da desolação, não vai deixar nenhuma dúvida de que aquele que está cometendo tal ato é o anticristo. "E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. (Apocalipse 13:14)" o descreve fazendo algum tipo de imagem à qual muitos serão forçados a se curvar e adorar. Tornar o templo do Deus verdadeiro em um lugar de adoração para si mesmo é uma abominação incrível aos olhos de Deus. Aqueles que estão vivos e permanecem durante a Tribulação devem ser vigilantes e reconhecer que esse evento é o início dos três anos e meio do pior do período da Tribulação e que o retorno de Cristo é iminente. “Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem” (Lucas 21:36).
A terceira lâmina
É aquela que fere
Que virá mais tranquila
Com a fome do povo
Com pedaços da vida
Como a dura semente
Que se prende no fogo
De toda multidão
Acho bem mais
Do que pedras na mão
Dos que vivem calados
Pendurados no tempo
Esquecendo os momentos
Na fundura do poço
Na garganta do fosso
Na voz de um cantador
E virá como guerra
A terceira mensagem
Na cabeça do homem
Aflição e coragem
Afastado da terra
Ele pensa na fera
Que o começa a devorar
Acho que os anos
Irão se passar
Com aquela certeza
Que teremos no olho
Novamente a ideia
De sairmos do poço
Da garganta do fosso
Na voz de um cantador
E virá como guerra
A terceira mensagem
Na cabeça

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Ponderações sobre o Céu e o Inferno

O Céu e o Inferno sob a visão Espírita

Benedito da Gama Monteiro
A definição sintética de "Céu e Inferno" sob os parâmetros da Doutrina Espírita explica: "Céu e Inferno são estados de consciência". Esta tese foi desenvolvida pelos Espíritos Reveladores do Espiritismo, respondendo a Allan Kardec - O Codificador da Doutrina -, na questão 1.012 de "O Livro dos Espíritos"(1).
  • Haverá no Universo lugares circunscritos para as penas e gozos dos Espíritos, segundo seus merecimentos?
"Já respondemos a esta pergunta. As penas e os gozos são inerentes ao grau de perfeição dos Espíritos. Cada um tira de si mesmo o princípio de sua felicidade ou de sua desgraça. E como eles estão pôr toda a parte, nenhum lugar circunscrito ou fechado existe especialmente destinado a uma ou outra coisa. Quanto aos encarnados, esses são mais ou menos felizes ou desgraçados, conforme é mais ou menos adiantado o mundo em que habitam."
  • De acordo, então, com o que vindes de dizer, o inferno e o paraíso não existem, tais como o homem os imagina?
"São simples alegorias: pôr toda parte há Espíritos ditosos e inditosos. Entretanto, conforme também já dissemos, os Espíritos de uma mesma ordem se reúnem pôr simpatia; mas podem reunir-se onde queiram, quando são perfeitos.". Allan Kardec, a seguir, complementa este assunto dizendo que a localização absoluta das regiões das penas e das recompensas só na imaginação do homem existe. Provém da sua tendência a materializar e circunscrever as coisas, cuja essência infinita não lhe é possível compreender.
Contrapomos, agora, a tese das penas eternas, com trechos extraídos da Bíblia (Antigo e Novo Testamento)Salmo (22:27) : "Toda a terra se converterá ao senhor e todas as nações adorarão a sua face.";
  • Jeremias (31:34)"Porque todos me conhecerão, desde o menor até o maior, perdoarei a maldade de todos e não me lembrarei mais dos seus pecados.";
  • Ezequiel (33:11)"Juro pela minha vida, diz o senhor, que não quero a morte do ímpio, mas que ele se converta e viva.";
  • Joel (2:32)"Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor, será salvo.";
  • Mateus (18:24)"Não é da vontade do vosso Pai que nenhum destes pequeninos se perca.";
  • Lucas (15:7 e 10) : "Digo-vos que haverá mais alegria no céu pôr um pecador que se arrepende, do que pôr noventa e nove justos que não necessitavam de arrependimento.";
  • 1o Timóteo (2:4) : "Deus quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade. O que Deus quer se cumpre. Sua vontade é soberana!";
  • Tito (2:11): "Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo a salvação a todos os homens.";
  • 2o Pedro (3:9)"Ele (o Senhor) é longânimo para convosco, não querendo que nenhum se perca, mas que todos cheguem ao arrependimento."
Continuando, deixamos à meditação dos leitores interessados na busca da verdade, que segundo Jesus, liberta, algumas indagações que servirão para fixar os aspectos que o confrade Jayme Andrade, em o livro "O Espiritismo e as Igrejas reformadas"(2) apresenta, argumentando e refutando a teoria das penas eterna .
1-Se Deus é infinito em todas as suas perfeições, é também infinitamente justo. Então, porque predestina Ele algumas almas à eterna bem-aventurança e outras à eterna condenação? Onde a infinita justiça? Se Ele é infinito em todas as suas perfeições, como onisciente tem conhecimento prévio do destino das almas que vai criando, e como presciente sabe que a maior parte delas será condenada à perdição eterna. Pôr que mesmo assim, Ele continua criando? Onde a infinita bondade?
2-Se ele é infinito em todas as suas perfeições, é também onipresente. Logo, tanto está no céu, contemplando a felicidade dos eleitos, como no inferno, contemplando o sofrimento dos condenados. E como pode ficar insensível a esse sofrimento pôr toda a eternidade? Onde fica a infinita misericórdia?
3-Se um pecador pode se arrepender dos seus erros durante a vida terrena, pôr que não poderá faze-lo após a morte? Não vemos nenhuma razão lógica para que não o possa. Então, pôr que Deus, que mandou que perdoemos indefinidamente aos que nos ofendem, e que é tão compassivo para com os que ainda se encontram no plano físico, é tão inflexível com os que já deixaram a Terra? Será a justiça humana mais equânime do que a justiça divina?
4-Como explicar a condenação da humanidade inteira pelo erro de um só homem, se Deus disse pôr Ezequiel, (18:20) "O filho não pagará pela maldade do pai, nem o pai pela maldade do filho; a alma que pecar, essa morrerá"? E como pode o sangue de um justo apagar os pecados de todo o gênero humano?
5-Que adianta ter fé, se a fé independe da vontade do homem, e não resulta das obras, pôr ser "um dom de Deus", e se nem sequer é necessária, uma vez que a salvação é privilégio exclusivo da alguns "eleitos"?
6-Se as almas salvas na beatitude do céu conservam a lembrança dos que foram seus parentes e amigos na existência terrena, como poderão ter felicidade plena sabendo que entes queridos estão sofrendo tormentos sem fim no inferno? Como pode uma mãe carinhosa, que se sacrificou pôr um filho rebelde, desfrutar a bem-aventurança eterna, sabendo que um filho estremecido se consome em sofrimentos pôr toda a eternidade???
O Espírito André Luiz, no livro "Libertação"(3) contribui com esta colocação:
"A rigor, não temos círculos infernais, de acordo com os figurinos da antiga teologia, onde se mostram indefinidamente gênios satânicos de todas as épocas e, sim, esferas obscuras em que se agregam consciências embotadas na ignorância, cristalizados no ócio reprovável ou confundidas no eclipse temporário da razão. Desesperadas e insubmissas, criam zonas de tormentos reparadores. Semelhantes criaturas, no entanto, não se regeneram à força de palavras. Necessitam de amparo eficiente que lhes modifique o tom vibratório, elevando-lhes o modo de sentir e pensar.".
Com Emmanuel (Espírito) do livro "Renúncia"(4) concluímos, definindo as regiões de sofrimento no mundo espiritual:
"Inferno ou purgatório são estados de espírito em tribulação pôr faltas graves, ou em vias de penitência regeneradora."

Bibliografia:

  1. Kardec, Allan - "O Livro dos Espíritos", 74a edição da FEB, 1994, Rio de Janeiro - RJ;
  2. Andrade, Jayme - "O Espiritismo e as Igrejas Reformadas", 1a edição, 1993, Ed. Gráf. "ABC do Interior", Conchas - SP;
  3. Xavier, Francisco Cândido/André Luiz, livro "Libertação", edição FEB;
  4. Xavier, Francisco Cândido/Emmanuel, livro "Renúncia", edição FEB.
Obs.
Artigo publicado em Manaus, no jornal A Crítica de 26.06.1989; em O Mensageiro(FEA) de Dezembro de 1989; no jornal Folha Popular de 03.03.1995. No Rio de Janeiro, em O Reformador de Setembro de 1995.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

O Dia da Ceifa: O Joio e o Trigo, as Mentiras e as Verdades.

A Ceifa; o Joio e o Trigo: Separação entre Homens maus e Homens bons ou Separação entre as Mentiras e as Verdades?
Disse ele: Um semeador saiu a semear. E, semeando, parte da semente caiu ao longo do caminho; os pássaros vieram e a comeram. Outra parte caiu em solo pedregoso, onde não havia muita terra, e nasceu logo, porque a terra era pouco profunda. Logo, porém, que o sol nasceu, queimou-se, por falta de raízes. Outras sementes caíram entre os espinhos: os espinhos cresceram e as sufocaram. Outras, enfim, caíram em terra boa: deram frutos, cem por um, sessenta por um, trinta por um. Aquele que tem ouvidos, ouça.
Mateus 13:4-9
Jesus lhes contou outra parábola, dizendo: "O Reino dos céus é como um homem que semeou boa semente em seu campo. Mas enquanto todos dormiam, veio o seu inimigo e semeou o joio no meio do trigo e se foi. Quando o trigo brotou e formou espigas, o joio também apareceu. "Os servos do dono do campo dirigiram-se a ele e disseram: ‘O senhor não semeou boa semente em seu campo? Então, de onde veio o joio? " ‘Um inimigo fez isso’, respondeu ele. "Os servos lhe perguntaram: ‘O senhor quer que vamos tirá-lo?  "Ele respondeu: Não, porque, ao tirar o joio, vocês poderão arrancar com ele o trigo.  Deixem que cresçam juntos até à colheita. Então direi aos encarregados da colheita: Juntem primeiro o joio e amarrem-no em feixes para ser queimado; depois juntem o trigo e guardem-no no meu celeiro’ ".
Mateus 13:24-30
Não dizeis vós que ainda há quatro meses e vem a colheita? Eis que vos digo: levantai os vossos olhos e vede os campos, porque já estão brancos para a ceifa.
O que ceifa recebe o salário e ajunta fruto para a vida eterna; assim o semeador e o ceifador juntamente se regozijarão.
Porque eis que se pode dizer com toda verdade: Um é o que semeia outro é o que ceifa.
Enviei-vos a ceifar onde não tendes trabalhado; outros trabalharam, e vós entrastes nos seus trabalhos.
João 4:35-38

O Rei está voltando
O Mercado está vazio, seu trabalho já parou, O martelo dos obreiros, seu barulho já cessou, Os ceifeiros, lá no campo, terminaram seu labor, Toda Terra está em suspense, é a volta do Senhor, O Rei está voltando, o Rei está voltando,
 A trombeta está soando, o meu nome a chamar, o Rei está voltando, o Rei está voltando, Aleluia! Ele vem me buscar. Os vagões de trens vazios, passam ruas, e quarteirões, Aviões sem seus pilotos, voam para destruição, A cidade está deserta, sua agitação parou, Sai a última notícia: "Jesus Cristo já voltou!"  O Rei está voltando, o Rei está voltando, A trombeta está soando, o meu nome a chamar, O Rei está voltando, o Rei está voltando, Aleluia! Ele vem me buscar. Vejo a multidão subindo, ouço o coro angelical, Todo o céu está se abrindo, em um bem-vindo sem igual Como o som, de muitas águas, nós ouvimos ecoar: "Aleluias ao cordeiro, nós chegamos para o lar!" O Rei está voltando, o Rei está voltando, A trombeta está soando, o meu nome a chamar, o Rei está voltando, o Rei está voltando, Aleluia! Ele vem me buscar. O Rei está voltando, o Rei está voltando, Aleluia! Ele vem me buscar.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Adão e Eva, frutos da Criação ou da Evolução?

7 E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.
Gênesis 2:7
21 Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar;
22 E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.
23 E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.
Gênesis 2:21-23

6 mas, no princípio da criação, Deus os fez homem e mulher.
7 Por isso, deixará o homem pai e mãe e se unirá à sua mulher;
8 e os dois não serão senão uma só carne. Assim, já não são dois, mas uma só carne.
9 Não separe, pois, o homem o que Deus uniu."

Marcos 10:6-9

13 Porque primeiro foi formado Adão, e depois Eva.
14 E Adão não foi enganado, mas sim a mulher, que, tendo sido enganada, tornou-se transgressora.

1 Timóteo 2:13,14

E o mesmo Jesus começava a ser de quase trinta anos, sendo (como se cuidava) filho de José, e José de Heli,
E Heli de Matã, e Matã de Levi, e Levi de Melqui, e Melqui de Janai, e Janai de José,

Lucas 3:23,24..........E Judá de Jacó, e Jacó de Isaque, e Isaque de Abraão, e Abraão de Terá, e Terá de Nacor,
E Nacor de Seruque, e Seruque de Ragaú, e Ragaú de Fáleque, e Fáleque de Eber, e Eber de Salá,
E Salá de Cainã, e Cainã de Arfaxade, e Arfaxade de Sem, e Sem de Noé, e Noé d
e Lameque,
E Lameque de Matusalém, e Matusalém de Enoque, e Enoque de Jarete, e Jarete de Maleleel, e Maleleel de Cainã,
E Cainã de Enos,
e Enos de Sete, e Sete de Adão, e Adão de Deus.
Lucas 3:34-38

Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.
Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.
E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.

Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação.
1 Timóteo 2:12-15

Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem.
Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.
1 Coríntios 15:21,22

12 Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.
Romanos 5:12

4 Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala.
26 E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação;
Atos 17:26

12 Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim também a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram;
13 pois antes de ser dada a lei, o pecado já estava no mundo. Mas o pecado não é levado em conta quando não existe lei.
14 Todavia, a morte reinou desde o tempo de Adão até o de Moisés, mesmo sobre aqueles que não cometeram pecado semelhante à transgressão de Adão, o qual era um tipo daquele que haveria de vir.
Romanos 5:12-14

45 Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante.
46 Mas não é primeiro o espiritual, senão o natural; depois o espiritual.
47 O primeiro homem, da terra, é terreno; o segundo homem, o Senhor, é do céu.
1 Coríntios 15:45-47

14 E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;
15 Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.
Judas 1:14,15

As teorias da Evolução e do Big Bang são reais e Deus não é “um mágico com uma varinha”, declarou o Papa Francisco, o 266º Papa da Igreja Católica e atual chefe de estado do Vaticano.
Falando na Pontifícia Academia de Ciências no início dessa semana, ele fez comentários que, de acordo com especialistas, puseram fim às “pseudoteorias” do criacionismo e do design inteligente, que alguns argumentam que foram incentivadas por seu antecessor, o controverso Papa Bento XVI.
http://hypescience.com/papa-francisco-evolucao-big-bang/

Cantiga Por Um Ateu
Padre Zezinho
Um grande amigo meu
Que a sua fé perdeu,
No dia de Natal me procurou.
Contou-me a sua vida
Tão cheia de incertezas
Com tanta honestidade
Que me fez chorar.
E a lágrima teimosa caindo no meu rosto
Lavou meu preconceito de cristão.
Eu sei que da verdade eu não sou dono,
Eu sei que não sei tudo sobre Deus.
Às vezes, quem duvida e faz perguntas,
É muito mais honesto do que eu.
Ao grande amigo meu
Que a sua fé perdeu,
No dia de Natal me confessei.
Contei-lhe a minha vida
Tão cheia de procuras
Com tantas esperanças
Que ele até sorriu.
E aquele riso aberto
Nos trouxe bem mais perto,
Lavou seu preconceito de ateu.
 Por este amigo meu
Que a sua fé perdeu,
Naquele mesmo dia eu fui rezar.
E a minha prece amiga
Gerou esta cantiga
Que eu fiz pensando muito
Em meu país cristão.
Às vezes muita gente
Não crê no que acredita

E afasta o seu irmão da religião.


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O Inferno segundo o Espiritismo

O Inferno segundo o Espiritismo
O inferno, segundo a visão do Espiritismo, é um estado de consciência da pessoa que incorre em ações contrárias às estabelecidas pelas Leis morais, as quais estão esculpidas na consciência de cada pessoa.
Uma vez tendo a criatura a sua consciência “ferida”, passa a viver em desajuste mais ou menos significativo de acordo com o grau de gravidade de suas ações infelizes, e se estampam através de desequilíbrios Espiritual, emocional, psicológico ou até mesmo orgânico. Esta situação lhe causa terríveis dissabores.
Uma vez morta, se a criatura não evitou ações infelizes, buscando vivência saudável de acordo com as leis divinas, ela segue para o Plano Espiritual ou incorpóreo. Lá, junta-se a outros espíritos, que trazem conturbações conscienciais semelhantes. Afins, atraem afins.
Os Planos Espirituais de sofrimentos são inumeráveis e, guardam níveis de sofrimentos diferenciados, cujos níveis são estabelecidos pelos tipos de degradação da consciência, resultantes das ações perpetradas por cada criatura.
Portanto o Inferno na visão espírita, como região criada por Deus para sofrimento eterno da criatura e geograficamente constituído, não existe. Se um dia todas estas criaturas sofredoras na erraticidade regenerarem-se, estas regiões deixarão de existir. É como se todos os pacientes de um manicômio terrestre fossem curados; o hospital poderia ser demolido e ceder o seu espaço a um jardim, etc.
Deus não imputa pena eterna a nenhum de seus filhos. Podem Sofrer, enquanto não despertarem para o Bem e se propuserem a trilhar o reto caminho. Um dia mais cedo ou mais tarde Ele, O Criador, na Sua Misericórdia e Amor, concederá à criatura sofredora retorno à carne para continuar o seu aprendizado e aperfeiçoamento.
Estes conceitos são encontrados em O Livro dos Espíritos, editado em Abril de 1857 na sua quarta parte e, no livro O Céu E O Inferno editado em 1865. Ambas obras tendo como codificador (organizador)Doutrina Espírita - Allan Kardec
Esta Noite Eu Queria Que O Mundo Acabasse - Silvinho
Esta noite eu queria que o mundo acabasse. E para o inferno o Senhor me mandasse. Para pagar todos os pecados meus. Esta noite eu queria que o mundo acabasse E para o inferno o Senhor me mandasse. Para pagar todos os pecados meus. Eu fiz sofrer a quem tanto me quis. Fiz de ti meu amor infeliz. Esta noite eu queria morrer. Perdão, quantas vezes tu me perdoaste. Quanto pranto por mim derramaste. Pois o remorso me faz padecer. Esta é a noite da minha agonia E a noite da minha tristeza. Por isso eu quero morrer

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Fim dos Dias; A Sociedade que se Rebelou contra Deus para Agradar o Mundo


Quando eu era ainda Criança, aprendi que o homem tem: Aparelho Digestivo e Aparelho Reprodutivo. O Aparelho digestivo é formado pela boca, estomago, Intestino delgado e Intestino grosso. o Aparelho Reprodutivo é formado na mulher pela Vagina, trompas, ovários e Útero. A boca que faz parte do Aparelho Digestivo foi feita para o homem comer Alimentos sentindo o seu paladar e em resumo, para alimentar e sustentar o corpo do homem. A comida entra pela boca e o que o corpo do homem não aproveita sai passando pelo Intestino Grosso que tem o seu final conhecido como Ânus (Reto ou Cu); Aí se vê que o Ânus (A saída do Intestino Grosso)  faz parte do Aparelho Digestivo e não do aparelho reprodutivo. O Aparelho Reprodutivo é composto no homem pelos: Testículos e Pênis e na Mulher, Vagina, Útero e Ovários. 
A Vagina e o Pênis são responsáveis pela reprodução através do Sexo. E o Prazer e a Satisfação no Sexo, foram criados pela Natureza para incentivar os homens a se procriarem e se  multiplicarem na Face da Terra. 


Quando  o Homem usa a Boca (Parte do Aparelho digestivo) no lugar dos órgãos reprodutivos (Pênis ou Vagina), ele está indo contra a Natureza. Assim também, quando o Ânus que também faz parte do Aparelho Digestivo é invadido pelo órgão reprodutivo "Pênis",  viola a Lei da Natureza se tornando um Ato Sexual Anti-natural e confusão perante a Natureza. Resumindo: A Boca tem a função de comer alimentos e o Ânus tem a função de jogar fora a comida (Alimento) não aproveitados pelo corpo do homem. Então assim eu penso: - Meu Deus, que confusão.! As Mentes poluídas dos homens transformaram a Natureza das coisas Sagradas.! Agora a Mulher tem três ou mais órgãos sexuais a saber: Vagina, Boca, Ânus...etc. E o Homem semelhantemente tem agora como órgãos sexuais: A Boca, o Pênis e o Ânus.!!! Que confusão, juntaram os Aparelhos Digestivo e o Reprodutivo para ser um Só.!!! Pra mim, isso é Confusão e Abominação, pois, ferem gravemente as Leis da Natureza e a Natureza é a nossa Santa Mãe. Deus tenha misericórdia de nós que ainda não sabemos o que fazemos, a não ser, seguir em nossas loucuras humanas.





2 Timóteo 3


1-Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis.
2 -Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios,
3 - sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem,
4 - traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus,
5 - tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se também destes.
6 São estes os que se introduzem pelas casas e conquistam mulherzinhas sobrecarregadas de pecados, as quais se deixam levar por toda espécie de desejos.
7 - Elas estão sempre aprendendo, mas não conseguem nunca de chegar ao conhecimento da verdade.

Romanos 1:27
De igual modo, os homens também abandonaram as relações sexuais naturais com suas mulheres e se inflamaram de desejo sensual uns pelos outros. Deram, então, início a sucessão de atos indecentes, homens com homens, e, por isso, receberam em si mesmos o castigo que a sua perversão requereu.
Levítico 18:22
Não te deitarás com um homem como se deita com uma mulher. Isso é abominável!
Romanos 1:26,27
E, por essa razão, Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. …
Judas 1:7
De maneira semelhante a estes, Sodoma e Gomorra e as cidades circunvizinhas entregaram-se à imoralidade e a todo tipo de depravação sexual. Estando sob o castigo do fogo eterno, essas cidades nos servem de exemplo.
Levítico 20.13
O homem que se deitar com outro homem como se fosse uma mulher, ambos cometeram uma abominação, deverão morrer, e seu sangue cairá sobre eles.

Mosca na Sopa - Raul Seixas
Eu sou a mosca que pousou em sua sopa
Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar
Eu sou a mosca que pousou em sua sopa
Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar
Eu sou a mosca que pousou em sua sopa
Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar
Eu sou a mosca que perturba o seu sono
Eu sou a mosca no seu quarto a zumbizar
Eu sou a mosca que perturba o seu sono
Eu sou a mosca no seu quarto a zumbizar
E não adianta vir me dedetizar
Pois nem o DDT pode assim me exterminar
Porque 'cê mata uma e vem outra em meu lugar
Eu sou a mosca que pousou em sua sopa
Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar
Eu sou a mosca que pousou em sua sopa
Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar

Atenção, eu sou a mosca
A grande mosca
A mosca que perturba o seu sono
Eu sou a mosca no seu quarto
A zum zum zumbizar
Observando e abusando
Olha do outro lado agora
Eu tô sempre junto de você
Água mole em pedra dura
Tanto bate até que fura
Quem, quem é?
A mosca, meu irmão

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

A Ressurreição da Carne

Antes de falar sobre a Ressurreição da Carne, é preciso saber o verdadeiro sentido da palavra Ressurreição nas Sagradas Escrituras. A palavra Ressurreição vem do verbo "Ressurgir" ou voltar a Surgir e também do verbo "Suscitar". Vejamos o significado do verbo Suscitar:  
1. Suscitar
Significado de Suscitar 
 Fazer nascer; fazer aparecer; provocar, causar, originar: suscitar polêmicas.
Sugerir, lembrar, trazer ao espírito: suscitar novas idéias.
Farei suscitar no meio de vós, a problemática da idolatria no meio do povo de Belém do Pará.
Agora o significado do verbo Surgir: 
1. Surgir
Significado de Surgir 
v.i. Aparecer, elevando-se; despontar; emergir: uma vela surge no horizonte.
Nascer, brotar, crescer, erguer-se: surgem plantas de toda espécie.
Vir, chegar: surgiu a hora.
Aparecer de repente, sobrevir: surgiram novas dificuldades.
Ocorrer, lembrar: surgiu à mente nova idéia.
Se a poesia não surgir tão naturalmente como as folhas de uma árvore, é melhor que não surja mesmo.
-- John Keats
Agora saberemos de onde se originou a palavra "Ressurreição": 
Verbo Ressurgir
1. transitivo direto, transitivo indireto e intransitivo
surgir ou fazer surgir novamente; ressuscitar, reviver, renascer. 2.
intransitivo
manifestar-se de novo
, reaparecer.
"durante a viagem, uma alegria ressurgiu"
Não há Dúvidas que Ressurreição não é Reencarnação; sendo assim, passarei a comentar sobre a "Ressurreição da Carne.
A Ressurreição da Carne
Quando alguém morre, o Espírito sai do corpo e dizemos que o corpo já não tem mais Vida. Porém, quando este alguém Ressuscita, o Espírito volta ao Corpo, a vida surge novamente; Dizemos então que o Espírito Ressurgiu no mesmo corpo. Quando um homem morre e seu Espírito não volta mais ao corpo, porém, ele surge como Espírito materializado, também é considerado como uma Ressurreição (Pois, o Espírito voltou a Surgir mesmo sem o Corpo Carnal, mas surgiu com a Alma que é o Corpo do Espírito). Na Doutrina Espírita, já é conhecido que muitos Espíritos ainda inferiores, tem o poder de se materializarem com a mesma aparência e com as mesmas vestimentas que usavam antes da morte carnal. Esses Espíritos usam os Fluídos Universais para se materializarem, conseguem também materializar muitas coisas que antes usavam quando estavam na carne. Tais materializações só duram pouco tempo, e assim eles conseguem contatos diretos com os homens como se ainda estivessem vivos (na carne). Existem muitos relatos sobre Aparições Reais a muita gente ao mesmo tempo como se fosse uma pessoa viva e não apenas um Espírito. O Perispírito (Alma ou corpo do Espírito) é formado por Energias que conseguem captar os Fluídos Universais para se manifestarem ou se materializarem. Devemos lembrar aqui que toda Matéria é Energia condensada, e assim como a água que se encontra em três formas que são: Líquido, sólido e gasoso, assim também as Energias podem ser encontradas como matéria que é o estado sólido, ou apenas Energias em vários graus de semi-matéria. Se Espíritos inferiores conseguem fazer surgir novos corpos idênticos aos reais ou se materializarem, porque não acreditar que o Deus de toda a Criação possa fazer Surgir ou Ressurgir corpos materializados com os Fluídos Universais.? Deste modo, quando o corpo de um homem que está morto se encontra deteriorado ou mesmo podre e com mal cheiro, Deus pode restaurar tal corpo fazendo com que a deterioração e o mal cheiro desapareça por completo e que o mesmo Espírito possa novamente habitar esse mesmo corpo. Como explicar as curas dos Leprosos feitas por Jesus Cristo? pois, as suas carnes se encontravam deterioradas e com mal cheiro. A Ressurreição de Lázaro, irmão de Marta e de Maria, foi uma grande revelação sobre a Ressurreição da Carne. Pois, Lázaro já havia falecido a três dias antes de Jesus ressuscita-lo. Sua carne já estava muito deteriorada, provocando um forte mal cheiro, e para suas irmãs e conhecidos, não era mais possível uma Ressurreição. Porém. Cristo o Ressuscitou e todo o seu corpo foi restaurado como que nunca tivesse deteriorado. A Ressurreição de Lázaro foi uma grande esperança para a Fé na Ressurreição da Carne, pois, Cristo promete ressuscitar a muitos que já morreram, no dia da sua volta. Porém, como Cristo curou a muitos aleijados, cegos e a todo tipo de defeitos carnais nos homens de seu tempo. acredito que a Ressurreição do Último Dia será com corpos livres de defeitos carnais para os justos e os mesmos corpos defeituosos para os injustos. pois, os Mansos herdarão a Terra. Deus pode trazer dos mortos a todos, tanto através da Ressurreição ou através da Reencarnação, pois, para Deus não existem mortos, todos estão vivos diante de sua presença. Muitos despertarão na Terra para habitarem no Reino dos Céus, tendo seus corpos Espiritualizados e muitos despertarão na carne para habitarem a Terra que foi prometida como Herança aos Justos e Mansos. Quem não crê na Ressurreição da Carne, não crê nos Milagres feitos por Jesus Cristo, e nem mesmo na ressurreição de Lázaro, amigo de Jesus e irmão de Marta e Maria. Também não crê nos grandes feitos de Deus aos antigos dos tempos de Moisés. E colocam em dúvida o Grande Poder de Deus, sobre a Criação. Porém, nos últimos dias, somente Deus pode saber se muitos Mortos serão Ressuscitados na mesma Carne  ou não; ou se muitos voltarão a Vida através da Reencarnação. Muitos homens que ainda se encontram vivos aqui na Terra, serão transformados ou em outras palavras "Espiritualizados" (Quando a Matéria condensada volta a ser Energia). 
Cristo promete que quando ele vier, muitos não provarão a morte, e sim transformados, de corpo material para corpo espiritual. O Corpo carnal sofre a Corrupção e se deteriora, mas o Corpo Espiritual é apenas Energia. Por isso, que muitos não provarão a Morte para entrar no Reino dos Céus.

E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção.
Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados;
Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
1 Coríntios 15:50-52

E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o reino de Deus, respondeu-lhes, e disse: O reino de Deus não vem com aparência exterior.
Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está entre vós.
Lucas 17:20,21
O Povo de Deus
Padre Zezinho
O povo de Deus no deserto andava
Mas à sua frente Alguém caminhava
O povo de Deus era rico de nada
Só tinha a esperança e o pó da estrada
Também sou teu povo, Senhor
E estou nessa estrada
Somente a Tua graça me basta e mais nada
O povo de Deus também vacilava
Às vezes custava a crer no amor
O povo de Deus, chorando, rezava
Pedia perdão e recomeçava
Também sou teu povo Senhor
E estou nessa estrada
Perdoa se às vezes não creio em mais nada
O povo de Deus também teve fome
E Tu lhe mandaste o pão lá do céu
O povo de Deus, cantado deu graças
Louvou Teu amor, Teu amor que não passa
Também sou teu povo Senhor
E estou nessa estrada
Tu és alimento na longa jornada
O povo de Deus ao longe avistou
A terra querida que o amor preparou
O povo de Deus corria e cantava
E nos seus louvores Teu poder proclamava
Também sou teu povo Senhor
E estou nessa estrada,
Cada dia mais perto da terra esperada