Numa tarde cansada de outono, quando o sol se escondeu no horizonte. Ao ruído infantil de uma fonte, eu me pus a pensar em você. Em você que se sente perdido quando põe seu olhar nas estrelas, e de tanto contá-las e vê-las, já não sabe se crê ou não crê. Eu conheço as milhões de perguntas que você que falou que não crê, e que diz que só crê no que vê, todo dia pergunta pra Deus. Eu conheço as milhões de respostas, que ninguém tem coragem de dar, quando a vida nos vem questionar; Como vê somos todos ateus. Numa tarde tristonha de inverno retornei ao murmúrio da fonte. Não havia mais sol no horizonte, e eu me pus a pensar nos cristãos. Nos cristãos que se sentem tranquilos, quando põe seu olhar nas estrelas. E de tanto contá-las e vê-las, nunca mais põe os olhos no chão. Eu conheço as milhões de respostas, que esta gente que fala que crê, mas não ouve, não pensa e não lê, não responde por medo de Deus. Eu conheço as milhões de perguntas que os cristãos nunca ousam fazer. Pois terão de se comprometer; Como vê somos todos ateus.

O homem é um Universo em Evolução

O homem é um Universo em Evolução

sábado, 19 de agosto de 2017

A Reencarnação na Igreja Católica até o ano de 553

VOCÊ SABIA QUE A REENCARNAÇÃO ERA ACEITA PELA IGREJA CATÓLICA ATÉ O ANO DE 553? 
Porque a Reencarnação passou a ser condenada pela Igreja Católica
____O Concílio de Constantinopla – 553 D.C
____Até meados do século VI, todo o Cristianismo aceitava a Reencarnação que a cultura religiosa oriental já proclamava, milênios antes da era cristã, como fato incontestável, norteador dos princípios da Justiça Divina, que sempre dá oportunidade ao homem para rever seus erros e recomeçar o trabalho de sua regeneração, em nova existência. 
____Aconteceu, porém, que o segundo Concílio de Constantinopla, atual Istambul, na Turquia, em decisão política, para atender exigências do Império Bizantino, resolveu abolir tal convicção. 
____É que Teodora, esposa do famoso Imperador Justiniano, escravocrata desumana e muito preconceituosa, temia retornar ao mundo, na pele de uma escrava negra e, por isso, desencadeou uma forte pressão sobre o papa da época, Virgílio, que subira ao poder através da criminosa intervenção do general Belisário, para quem os desejos de Teodora eram lei. 
____E assim, o Concílio realizado em Constantinopla, no ano de 553 D.C, resolveu rejeitar todo o pensamento de Orígenes de Alexandria, um dos maiores Teólogos que a Humanidade tem conhecimento.
____As decisões do Concílio condenaram, inclusive, a Reencarnação admitida pelo próprio Cristo, em várias passagens do Evangelho, sobretudo quando identificou em João Batista o Espírito do profeta Elias, falecido séculos antes, e que deveria voltar como precursor do Messias (Mateus 11:14 e Malaquias 4:5). 
____Agindo dessa maneira, como se fosse soberana em suas decisões, a assembléia dos bispos, reunidos no Segundo Concílio de Constantinopla, houve por bem afirmar que Reencarnação não existe, tal como aconteceu na reunião dos vaga-lumes, conforme narração do ilustre filósofo e pensador cristão, Huberto Rohden, em seu livro "Alegorias", segundo a qual, os pirilampos aclamaram a seguinte sentença, ditada por seu Chefe D. Sapiêncio, em suntuoso trono dentro da mata, na calada da noite: "Não há nada mais luminoso que nossos faróis, por isso não passa de mentira essa história da existência do Sol, inventada pelos que pretendem diminuir o nosso valor fosforescente". 
____E os vaga-lumes dizendo amém, amém, ao supremo chefe, continuaram a vagar nas trevas, com suas luzinhas mortiças e talvez pensando - "se havia a tal coisa chamada Sol, deve agora ter morrido".
____É o que deve ter acontecido com Teodora: ao invés de fazer sua reforma íntima e praticar o bem para merecer um melhor destino no futuro, preferiu continuar na ilusão de se poder fugir da verdade, só porque esta fora contestada pelos "deuses do Olimpo", reunidos em majestoso conclave.
[Vivaldo J. de Araújo] 
Veja mais:
 
http://www.acasadoespiritismo.com.br/artigos/reencarnacao%20no%20concilio%20de%20constantinopla.htm
Como É Possível
Roberto Carlos
Existem mesmo tantos mistérios
Ocultos entre o céu e a Terra
Que a gente às vezes se aprofunda tentando explicar
Como é possível que eu tenha o poder de entender
Tanta coisa que vem de você
E antes que eu diga alguma coisa
Você diz justamente
O que eu tinha pra dizer.
E tanto a gente se adivinha
Que às vezes eu fico pensando
Que a gente já se conhecia e se achou outra vez
Como é possível saber qual o gosto, o perfume
Dos beijos antes de beijar
E quando eu fico triste ou precupado
Você sente na pele
Não adianta disfarçar.
Seu rosto me faz sentir
Saudades do que não sei
Seus olhos me falam de coisas
Que eu tenho certeza que já escutei.
De onde eu te conheci
Será que eu já te amei
Só sei que vibra nos seus braços
Uma antiga e tão linda canção de amor.

Mostrar mais re

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Meu terrível encontro com Satanás

Tudo começou quando eu tinha 20  e poucos anos, quando fui convidado para fazer o TLC "Treinamento de Liderança Cristã".
Em certa noite no TLC, na hora do jantar, eu estava entre os outros Jovens ouvindo os ensinamentos do Padre Zezinho, quando de repente comecei a ter maus pensamentos sobre ele, por vê-lo falar e pregar de modo meigo e carinhoso para nós do TLC. Ouvindo e vendo-o na minha frente pregando o Evangelho, maldosamente eu comecei a me perguntar em pensamento: - Será que o Pe. Zezinho é Gay.? Com esse modo suave de falar, será que ele é homossexual.? E no momento que eu pensava olhando para ele, fiquei apavorado e assombrado, pois, vi a Imagem de Jesus Cristo transparente no corpo dele. Eu via ao mesmo tempo o Padre zezinho pregando e a Imagem de Cristo me olhando com um olhar de repreensão. 
Nesse momento, eu tremi de medo, pois, Jesus Cristo com um olhar de repreensão me perguntou: - Porquê pensas mal do meu Servo.? Fiquei apavorado e tremia de medo, porquanto vi e ouvi Cristo decepcionado me repreendendo. Aquela Visão me perturbou muito e não consegui dormir naquela noite. Depois que terminei o TLC voltei pra casa muito perturbado com aquela Visão e com a Repreensão de Cristo.
E ao chegar em casa, me ajoelhei perante a imagem do Sagrado Coração de Jesus em um quadro na parede. E orando pedi perdão a Cristo, entre remorsos e chorando pedi que ele tivesse misericórdia de mim. Pois, tanto o busquei e acabei  achando-o de modo nunca esperado. Ainda orando á  Cristo, eu dizia: - Senhor, tem misericórdia de mim e me faça teu Servo. No momento em que eu orava, senti uma força estranha que me levantou e me fez andar sem parar, até um Bairro muito distante do que eu morava. E de repente me vi em frente á uma igreja Franciscana, igreja dos Capuchinhos. Entrei na igreja e observei que era a hora da Missa. Mesmo assim, tomado pela aquela força que me dominava, passei a reverenciar todos os quadros na parede da igreja que mostravam a Via Sacra de Cristo a caminho da crucificação. Entrei em uma sala daquela igreja aonde havia duas grandes imagens de gesso ou porcelana, não me lembro. Uma era a imagem de Jesus Cristo e a outra era a imagem de São Francisco de Assis. Quando olhei para a imagem de Jesus Cristo eu me assustei, pois, vi Cristo sair daquela imagem como que a estátua tomasse vida; e vindo em minha em minha direção como se fosse um homem de carne e osso. Com um vestido branco e um manto vermelho, de barba e cabelos longos castanhos. Ele sorriu para mim e me falou: - Seja bem vindo, eu estava te esperando
Eu estremeci e tremi diante dele, mas, ele me tirou aquela perturbação e me fez ficar calmo e tranquilo. Começamos a conversar e ele me mostrou e me revelou muitos Segredos sobre o Mundo, sobre a Vida e sobre o Destino da Terra, no Passado, presente e Futuro.
Meu terrível encontro com Satanás
Em um certo dia Jesus me apareceu e me disse: - Prepare-se, pois Satanás vem para te provar.  Eu fiquei apavorado com isso, mesmo assim lhe perguntei: - Senhor, Satanás existe mesmo? E Jesus me respondeu: - Sim, ele está presente em toda Matéria e em todo lugar na Terra.  Então, eu entendi que Satanás era um tipo de Energia Individualizada.  Passado alguns dias, certa noite eu estava em casa assistindo televisão e ouvi uma voz me chamando  vinda do quintal de minha casa. Eu reconheci aquela voz e vi se tratar de Jesus, mas não o vi em meu quintal; Porém, ele me disse: - Olhe para o céu, aqui estou. Então, olhando para o céu eu vi uma Luz Vermelha, e Cristo me disse: - Tu só me verás na forma desta Luz vermelha, prepare-se pois, Satanás já está a caminho para te provar.  Neste momento, a Luz vermelha desapareceu e eu não senti mais a presença do Senhor. E olhando novamente para o céu, eu vi uma estrela branca bem iluminada e desta estrela, eu vi outra estrela saindo vindo em minha direção. Senti que era Satanás vindo em minha direção; corri para dentro de casa e me sentei no sofá da sala, todo apavorado. Ainda neste momento, chegou o meu Grupo de Jovens (JUNG) para orar por mim. Todos se sentaram e começaram a rezar o Pai nosso; neste momento, eu vi Satanás saindo do corpo de um amigo do Grupo de jovens. Eu estava morrendo de medo, mas não podia deixar o Diabo perceber isso. E vi a forma de um homem como feito de nuvem negra e cinzenta me encarando e como um cachorro me cheirando.  E eu dizia pra mim mesmo: - Não posso deixar ele saber que estou com medo e que tenho contato com Jesus. Nisso, eu passei a imita-lo, também cheirando-o. O Diabo me olhava desconfiado, eu pensava comigo: - Preciso dar um jeito dele desistir de mim e sumir da minha presença.!  E foi então que tive uma ideia e pensei: "Gritarei uma grande blasfêmia contra Deus enquanto o meu Grupo de Jovens oram". Naquele tempo, passava na televisão a novela Rock Santeiro, e no meio da oração eu gritei: - Deus coma o meu Cu, comeram até o cu do Rock Santeiro! Meu Grupo de Jovens ficou escandalizado comigo, e até Satanás se espantou com o que eu gritei e desapareceu da minha presença. Fiquei alegre e pensei "Sei que blasfemei, porém, consegui me livrar daquele ser perturbador", apesar de que deixei meu Grupo de Jovens acreditando que eu havia enlouquecido. Quando eles foram embora, eu fui dormir tranquilo, acreditando que eu já estava livre da provação de Satanás. Porém, quando minha família já estava dormindo, e eu já estava me preparando para dormir, fui pego de surpresa. Eu estava na cama deitado de costa pra cima em frente ao meu ventilador que me aliviava do calor. Foi então que ouvi uma voz vindo do ventilador me dizendo: - Já vai dormir? Quando olhei para o ventilador vi o Demônio rindo de mim. Com grande medo, eu desliguei o ventilador e a imagem desapareceu. Quando pensei que ia conseguir dormir, senti como se fosse um Furacão entrando em mim como que estava sendo estuprado pelo Diabo. E eu me levantei rápido gritando: - Vai-te embora Diabo miserável, vá pro inferno desgraçado!. Foi horrível aquela noite; sai da cama e passei a noite toda rezando diante da imagem de Jesus Cristo em um quadro na parede da sala. Amanheceu o dia e eu ainda estava orando; e logo pela manhã quando acreditava que o pior já havia passado, caí no chão com horríveis dores em todo meu corpo. Meus familiares e vizinhos tentavam me levantar, mas eu sentia fortes dores quando eles tentavam me levantar sem conseguirem. Parecia que eu havia levado uma grande surra de chicotes e sentia meus ossos sendo esmagados. Finalmente, chamaram um Pai de Santo que também morava na minha rua; ele era um homem de pele escura, se era do Candomblé ou Quimbanda eu não me lembro. Ele pôs a mão em meu pescoço e fez uma rápida oração; neste momento todas as minhas dores e agonias passaram em questão de segundos, e ele me levantou do chão sem eu sentir qualquer dor. Dias depois, fui conhecer aquele Pai de Santo, e quando entrei na casa dele, num canto da sala estava uma imagem feita de gesso de Satã. Quando me aproximei da imagem, o Pai de Santo mandou que eu me afastasse, pois naquele momento, era perigoso para mim. E meditando em tudo aquilo que me aconteceu, eu entendi que tudo o que sofri era real e não perturbações criadas por minha Mente. Pois, foi justamente um Pai de Santo que naquele dia, me livrou das garras de Satanás.  Depois de alguns anos......

Este Relato continua em uma Postagem futura. Ass: Filho de Jacó

Para lhes abrir os olhos e os converteres das trevas para a luz, e do poder de Satanás para Deus, a fim de que recebam o perdão dos pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim’. (Atos 26: 18)


Maluco beleza

Enquanto você se esforça pra ser
Um sujeito normal e fazer tudo igual
Eu do meu lado aprendendo a ser louco
Um maluco total, na loucura geral
Controlando a minha maluquez
Misturada com minha lucidez
Vou ficar, ah! Ficar com certeza, maluco beleza
Eu vou ficar, ah! Ficar com certeza, maluco beleza
E esse caminho que eu mesmo escolhi
É tão fácil seguir
Por não ter onde ir
Controlando a minha maluquez
Misturada com a minha lucidez, êh
Controlando a minha maluquez
Misturada com a minha lucidez
Vou ficar, ficar com certeza, maluco beleza
Eu vou ficar, ah! Ficar com certeza, maluco beleza
Eu vou ficar, ah! Ficar com certeza, maluco beleza eh
Eu vou ficar, ah! Ficar com certeza, maluco beleza