Numa tarde cansada de outono, quando o sol se escondeu no horizonte. Ao ruído infantil de uma fonte, eu me pus a pensar em você. Em você que se sente perdido quando põe seu olhar nas estrelas, e de tanto contá-las e vê-las, já não sabe se crê ou não crê. Eu conheço as milhões de perguntas que você que falou que não crê, e que diz que só crê no que vê, todo dia pergunta pra Deus. Eu conheço as milhões de respostas, que ninguém tem coragem de dar, quando a vida nos vem questionar; Como vê somos todos ateus. Numa tarde tristonha de inverno retornei ao murmúrio da fonte. Não havia mais sol no horizonte, e eu me pus a pensar nos cristãos. Nos cristãos que se sentem tranquilos, quando põe seu olhar nas estrelas. E de tanto contá-las e vê-las, nunca mais põe os olhos no chão. Eu conheço as milhões de respostas, que esta gente que fala que crê, mas não ouve, não pensa e não lê, não responde por medo de Deus. Eu conheço as milhões de perguntas que os cristãos nunca ousam fazer. Pois terão de se comprometer; Como vê somos todos ateus.

O homem é um Universo em Evolução

O homem é um Universo em Evolução

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

A Origem do Verbo de Deus

Significado da palavra Verbo
substantivo masculino
  1. 1.
    palavra, discurso.
  2. 2. Classe de palavras que, do ponto de vista semântico, contêm as noções de Ação, Processo ou Estado, e, do ponto de vista sintático, exercem a função de núcleo do predicado das sentenças. 




Significados de Verbo :
É toda palavra que indica uma Ação.

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

Yin: princípio passivo, feminino, noturno, escuro, frio.
 Yang: princípio ativo, masculino, diurno, luminoso, quente.

O símbolo que representa o  yin e o yang é chamado "Taiji Tu"
Não são o bem e nem o mal, mas apenas energias que existem em cada um de nós. O bem e o mal são apenas conceitos inventados pelo homem quando passou a julgar o certo e o errado.

Segundo este princípio, duas forças complementares compõem tudo que existe, e do equilíbrio dinâmico entre elas surge todo movimento e mutação.
Yin Yang é, na filosofia chinesa, uma representação do príncipio da dualidade de yin e yang, o conceito tem sua origem no tao (ou dao), base da filosofia e metafísica da cultura daquele país.



O Verbo é o Corpo de Deus ( Energia Universal que deu Origem a toda Criação), e Deus é o Espírito que dá vida ao Verbo. Porém, este Espírito que eu falo é a Energia Universal Primeira que se Individualizou como ser Pensante, e esta Individualização é o Verdadeiro Espírito de Deus. Resumo: A Energia Universal Primeira (Alma de Deus) deu Origem a Energia Universal que veio a se tornar o Corpo de Deus. E através de seu próprio Corpo (o Verbo), Deus gerou toda a Criação. O "Eu",  individualização da Alma de Deus que é a Energia Primeira que nunca teve Início e nem terá Fim. "Ego" é a Energia Criadora ou Corpo de Deus, a qual é chamado de Verbo. E como a Primeira Energia se Individualizou, assim, também aconteceu com o Verbo (Energia Universal Criadora). E então, como mostra a Bíblia, Através do Verbo Deus deu Origem a Criação.


"O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; porque Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por Ele e para Ele. Ele é antes de todas as coisas, e NELE subsistem todas as coisas"(Cl 1-16)

No principio era apenas o vazio ou o nada, porém, Energias muito diluídas e puras existiam no nada e todas essas Energias formavam uma só Energia Pura. . Essa Energia Pura com os tempos foi se individualizando e passou a tornar-se um Ser Pensante (Não era homem nem Espírito). A Energia Pura passou a ser a Alma desta Individualização, que mais tarde passou a se chamar Eu Sou.  A Energia que antes era totalmente isenta de qualquer tipo de semi-matéria passou a se concentrar e a se densificar pela força da Individualização, pois, essa Individualização passou a ter Personalidade, Caráter e Sabedoria criadora. Desta Concentração de Puras Energias deu-se  Origem a um tipo de Energia mais condensada semelhante a Energia Elétrica.. Eu Sou percebeu que nesse tipo de Energia que teve origem em sua Alma (Energia Pura)  existia duas polaridades em si, uma de Atração e outra de Repulsão. Em outras palavras, essa Energia semelhante a Energia Elétrica, existia duas reações opostas uma a outra: o Positivo e o Negativo ou Atração e Repulsão. Como se fosse um Ímã que tem um lado Positivo e o outro Negativo, que atrai os lados opostos e expulsa os lados iguais dos Ímãs. 
"EGO" que se originou do "EU", passou a ser o Filho e o "EU" passou a ser o Pai, pois, o "EU" foi o Princípio do "EGO".  E então o "EU" viu que através do "EGO" podia gerar outras Energias Polarizadas (Semi-condensadas ou Semi-matéria) que vieram a ser os Filhos do "EU" gerados através do "EGO".
O  "EU" através do "EGO" gerou várias Energias Semi-condensadas que também vieram a se Individualizarem como Seres Pensantes ao quais Deus os chamou de Filhos ou deuses


1 Deus está na assembléia divina; julga no meio dos deuses:...Eu disse: Vós sois deuses, e filhos do Altíssimo, todos vós.
Todavia, como homens, haveis de morrer e, como qualquer dos príncipes, haveis de cair.  (Salmos 82:1-7)

(Isaías: 45, 21 - 22) Anunciai, e chegai-vos, e tomai conselho todos juntos; quem fez ouvir isto desde a antiguidade? Quem desde então o anunciou? Porventura não sou eu, o SENHOR? Pois não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador não há além de mim.

(Isaías: 44, 6 - 8 )Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus. 

Eis que vem com as nuvens… Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-poderoso(Apocalipse 1:7-8).


- Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando, foi justamente num sonho que Ele me falou

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado

Você pensa em mim toda hora
Me come, me cospe, me deixa
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar

Eu sou a luz das estrelas
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida
Eu sou o medo de amar

Eu sou o medo do fraco
A força da imaginação
O blefe do jogador
Eu sou, eu fui, eu vou

Gita! Gita! Gita!
Gita! Gita!

Eu sou o seu sacrifício
A placa de contra-mão
O sangue no olhar do vampiro
E as juras de maldição

Eu sou a vela que acende
Eu sou a luz que se apaga
Eu sou a beira do abismo
Eu sou o tudo e o nada

Por que você me pergunta?
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra
Do fogo, da água e do ar

Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim
Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim.

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador
A letra A tem meu nome
Dos sonhos eu sou o amor

Eu sou a dona de casa
Nos pegue pagues do mundo
Eu sou a mão do carrasco
Sou raso, largo, profundo

Gita! Gita! Gita!
Gita! Gita!

Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego
E a cegueira da visão

Eu!
Mas eu sou o amargo da língua
A mãe, o pai e o avô
O filho que ainda não veio
O início, o fim e o meio
O início, o fim e o meio
Eu sou o início
O fim e o meio
Eu sou o início

O fim e o meio


Nenhum comentário: