Numa tarde cansada de outono, quando o sol se escondeu no horizonte. Ao ruído infantil de uma fonte, eu me pus a pensar em você. Em você que se sente perdido quando põe seu olhar nas estrelas, e de tanto contá-las e vê-las, já não sabe se crê ou não crê. Eu conheço as milhões de perguntas que você que falou que não crê, e que diz que só crê no que vê, todo dia pergunta pra Deus. Eu conheço as milhões de respostas, que ninguém tem coragem de dar, quando a vida nos vem questionar; Como vê somos todos ateus. Numa tarde tristonha de inverno retornei ao murmúrio da fonte. Não havia mais sol no horizonte, e eu me pus a pensar nos cristãos. Nos cristãos que se sentem tranquilos, quando põe seu olhar nas estrelas. E de tanto contá-las e vê-las, nunca mais põe os olhos no chão. Eu conheço as milhões de respostas, que esta gente que fala que crê, mas não ouve, não pensa e não lê, não responde por medo de Deus. Eu conheço as milhões de perguntas que os cristãos nunca ousam fazer. Pois terão de se comprometer; Como vê somos todos ateus.

O homem é um Universo em Evolução

O homem é um Universo em Evolução

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

As Profecias

As Profecias quase nunca acontecem como esperamos ou entendemos

As Profecias



As Profecias quase nunca se cumprem do jeito que esperamos e entendemos, assim foi a vinda de Jesus Cristo; enquanto os Judeus esperavam um Rei que destruísse o Poder de Roma que os dominavam, foi o oposto do que eles esperavam. Jesus não fez a Guerra esperada pelos Judeus, mas sim, dominou através de seu Amor. Até hoje os Judeus não aceitam a Jesus Cristo como o Salvador e Redentor, pois, as antigas profecias mostram um Rei que usa da Ignorância Humana para destruir os inimigos. É preciso lembrar que muitas das Profecias são anunciadas através de: Alegorias, Simbologias, Comparações e através de Parábolas.Jesus Cristo usou muito das Parábolas e das Comparações para nos ensinar a Verdade; As Profecias do Apocalipse tiveram de ser escritas de um modo secreto através de Alegorias e Comparações, tanto para evitar a perseguição de Roma contra os Cristãos, como também, por se tratar de Visões e Revelações sobre o Divino ao qual a Mente Humana não seria capaz de entender. A Mente do Homem não consegue entender, mas, o Espírito do Homem entendee por isso, a Revelação foi feita para o Espírito do Homem e não para a Mente do Homem. Analise o que Jesus ensinou através destas palavras:   



Razão das parábolas.

10 - Os discípulos aproximaram-se e lhe perguntaram: “Por que lhes falas em parábolas?” 11 - Jesus respondeu: “Porque a vós foi dado conhecer os mistérios do reino dos céus mas a eles não. 12 - A quem tem será dado, e terá em abundância; mas de quem não tem será tirado até mesmo o que tem. 13 - É por isso que lhes falo em parábolas: porque, olhando, não enxergam e, ouvindo, não ouvem nem compreendem. 14 - Neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvireis com os ouvidos e não compreendereis, olhareis com os olhos e não enxergareis, 15 - porque o coração deste povo se endureceu, ouviram mal com os ouvidos e taparam os olhos, para não suceder que vejam com os olhos, ouçam com os ouvidos, entendam com o coração e se convertam, e assim eu os cure. 16 - Mas vossos olhos são felizes porque vêem, e vossos ouvidos, porque ouvem! 17 - Pois eu vos digo: Muitos profetas e justos desejaram ver o que vós vedes e não viram, e ouvir o que ouvis e não ouviram  "Mt 13, 10-17." 
 Nem tudo acontece do jeito que queremos entender, mas sim, segundo a Sabedoria de Deus. 


As Profecias


Tem dias que a gente se sente
Um pouco, talvez, menos gente
Um dia daqueles sem graça
De chuva cair na vidraça
Um dia qualquer sem pensar
Sentindo o futuro no ar
O ar, carregado sutil
Um dia de maio ou abril
Sem qualquer amigo do lado
Sozinho em silêncio calado
Com uma pergunta na alma
Por que nessa tarde tão calma
O tempo parece parado?
Está em qualquer profecia
Dos sábios que viram o futuro,
Dos loucos que escrevem no muro.
Das teias do sonho remoto
Estouro, explosão, maremoto.
A chama da guerra acesa,
A fome sentada na mesa.
O copo com álcool no bar,
O anjo surgindo no mar.
Os selos de fogo, o eclipse,
Os símbolos do apocalipse.
Os séculos de Nostradamus,
A fuga geral dos ciganos.
Está em qualquer profecia
Que o mundo se acaba um dia.
Um gosto azedo na boca,
A moça que sonha, a louca.
O homem que quer mas se esquece,
O mundo dá ou do desce.
Está em qualquer profecia
Que o mundo se acaba um dia.
Sem fogo, sem sangue, sem ás
O mundo dos nossos ancestrais.
Acaba sem guerra mortais
Sem glorias de Mártir ferido
Sem um estrondo, mas com um gemido.
Os selos de fogo, o eclipse
Os símbolo do apocalipse
A fuga geral do ciganos
Os séculos de Nostradamus.
Está em qualquer profecia
Que o mundo se acaba um dia (3x)
Um dia...
Sim, sim, sim...

O Profeta
Padre Zezinho

Eu não sei cantar, eu não sei rezar
Eu não sei fazer canções bonitas
Como tanta gente faz
Sou como criança que só sabe balbuciar mesmo
Assim teu amor me mandou profetizar

Minha profecia é feita de alegria
Eu não sei cantar o amor perdido
Como tanta gente faz
Sou como criança que da noite faz o dia
Depois que fez a manhã está sorrindo de alegria

Canto quando choro, canto pra sorrir
Minha profecia o mundo inteiro vai ouvir
Canto pela paz, canto contra a guerra
Canto pra varrer o egoísmo dessa guerra

Teu amor me disse vai falar de paz
Eu não sei falar de armistício como tanta gente faz
Creio na criança, no jovem e no velho
Na minha vida eu vou escrever teu evangelho


Nenhum comentário: