Numa tarde cansada de outono, quando o sol se escondeu no horizonte. Ao ruído infantil de uma fonte, eu me pus a pensar em você. Em você que se sente perdido quando põe seu olhar nas estrelas, e de tanto contá-las e vê-las, já não sabe se crê ou não crê. Eu conheço as milhões de perguntas que você que falou que não crê, e que diz que só crê no que vê, todo dia pergunta pra Deus. Eu conheço as milhões de respostas, que ninguém tem coragem de dar, quando a vida nos vem questionar; Como vê somos todos ateus. Numa tarde tristonha de inverno retornei ao murmúrio da fonte. Não havia mais sol no horizonte, e eu me pus a pensar nos cristãos. Nos cristãos que se sentem tranquilos, quando põe seu olhar nas estrelas. E de tanto contá-las e vê-las, nunca mais põe os olhos no chão. Eu conheço as milhões de respostas, que esta gente que fala que crê, mas não ouve, não pensa e não lê, não responde por medo de Deus. Eu conheço as milhões de perguntas que os cristãos nunca ousam fazer. Pois terão de se comprometer; Como vê somos todos ateus.

O homem é um Universo em Evolução

O homem é um Universo em Evolução

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Cristo Cósmico e o Cristo Telúrico "Eu e o Pai somos Um"

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.  Filipenses 2:5-8

- O que é o Cristo Cósmico?
O Cristo Cósmico – o Verbo ou o Logos – é a primeira e mais perfeita manifestação individual da Divindade Universal, o “primogênito” de todas as creaturas.
- Quando se deu essa individuação do Cristo Cósmico?
Deu-se no princípio dos tempos, antes da origem de qualquer outra creatura, visível ou invisível.

- O Cristo Cósmico é Deus?
O Cristo Cósmico é Deus em sua essência eterna, mas é creatura em sua existência temporal: “Eu e o Pai somos um, mas o Pai é maior do que eu”.
- Por que o Cristo Cósmico é chamado o Verbo, ou Logos?
Porque ele é a mais alta manifestação individual do Espírito Universal; assim como o pensamento intuitivo, ou verbo racional, é a causa creadora de todas de todas as coisas, assim é o Pensamento Cósmico, o autor do universo imaterial e material: “Por ele foram feitas todas as coisas”.
- Que quer dizer Cristo Telúrico?
O Cristo Telúrico, ou terrestre, é o mesmo Cristo Cósmico depois da sua encarnação humana, quando o “Verbo se fez carne”.
- O Cristo Telúrico é Jesus?
Jesus é apenas o veículo visível do Cristo invisível, com o qual está inseparavelmente unido desde a sua encarnação através da Virgem Maria.
- Qual a diferença entre o Cristo e nós?
O Cristo, tanto na sua forma Cósmica quanto Telúrica, é o espírito divino plenamente atualizado pela consciência que “eu é o Pai somos um”, ao passo que em cada um de nós existe o mesmo espírito divino em estado apenas potencial, devido à consciência do nosso ego separatista.
- Pode o homem tornar-se igual ao Cristo?
São Paulo diz que o Cristo é o “primogênito entre muitos irmãos”, e nós seremos o que ele é; e Jesus afirma que nós faremos as mesmas obras que ele fazia em virtude do seu Cristo, porque o “Pai que está em mim também está em vós”, “vós sois Deuses”.
- Que é necessário para essa cristificação do homem?
É necessário que o homem experimente vitalmente a sua intrínseca unidade com o Infinito – “Eu e o Pai somos um” – e realize esta experiência por uma permanente vivência ética.
- Por que o Cristo é chamado o redentor da humanidade?
Porque pela sua encarnação humana introduziu ele no mundo um elemento divino que, quando assimilado pelo homem, torna possível a vitória do Eu (do Íntimo) sobre o ego pecador.
- Existe auto-redenção do homem?
Existe, sim, auto-redenção, que é Cristo-redenção, porque o verdadeiro Eu (autós) do homem é o seu Cristo interno, a “luz do mundo”, o “espírito de Deus no homem”; mas não existe ego-redenção, porque é o autor do seu estado de pecador.
Huberto Rohden em Cosmorama

Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.
Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai. (João 10: 17,18)
E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse. (João 17, 5)

"O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; porque Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por Ele e para Ele. Ele é antes de todas as coisas, E NELE subsistem todas as coisas".   (Cl 1-16)
 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 TODAS AS COISAS FORAM FEITAS POR ELE, e sem ele nada do que foi feito se fez. (João: 1, 1-3)
E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. (Colossenses 1, 20)
Um certo Galilleu
Pe. zezinho
Um certo dia, a beira mar
Apareceu um jovem Galileu
Ninguém podia imaginar
Que alguém pudesse amar do jeito que ele amava
Seu jeito simples de conversar
Tocava o coração de quem o escutava

E seu nome era Jesus de Nazaré
Sua fama se espalhou e todos vinham ver
O fenômeno do jovem pregador
Que tinha tanto amor

Naquelas praias, naquele mar
Naquele rio, em casa de Zaqueu
Naquela estrada, naquele sol
E o povo a escutar histórias tão bonitas
Seu jeito amigo de se expressar
Enchia o coração de paz tão infinita

Em plena rua, naquele chão
Naquele poço e em casa de Simão
Naquela relva, no entardecer
O mundo viu nascer a paz de uma esperança
Seu jeito puro de perdoar
Fazia o coração voltar a ser criança

Um certo dia, ao tribunal
Alguém levou o jovem Galileu
Ninguém sabia qual foi o mal
E o crime que ele fez; quais foram seus pecados
Seu jeito honesto de denunciar
Mexeu na posição de alguns privilegiados

E mataram a Jesus de Nazaré
E no meio de ladrões puseram sua cruz
Mas o mundo ainda tem medo de Jesus
Que tinha tanto amor

Nenhum comentário: